Olá.

"Olá, Seja Bem-Vindo ao meu blog. Esse é um espaço aberto para o mover de Deus na sua vida. Espero que você seja abençoado através das mensagens, palestras, pregações, dinâmicas, receitas e reflexões que vão rolar aqui. Você também poderá ser um abençoador para outras vidas participando com suas opiniões e orações. Espero que você curta bastante e divulgue esse blog para seus amigos.
Ah, você é livre para concordar ou descordar do que ler aqui e postar sua opinião, apenas peço que seja educado, nada de usar palavrões ou frases que denigram ou magoem os demais leitores, pois isso não agradará a Deus. Lembre-se, devemos fazer ao próximo o que queremos que façam conosco; e nós colhemos o que plantamos. Então faça uma boa semeadura.
Espero te ver aqui muitas outras vezes."

Beijos, Pra. Giceli.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O Perigo Dos Extremos - Parte 1

Depois de vivermos uma época de muita opressão, ditadura militar (que durou até meados dos anos 80), repressão de pensamentos, atitudes, sentimentos, expressão; preconceitos, falsos moralismos, entre outras coisas. Depois disso tudo, veio o grito de liberdade, eleições diretas, liberdade de opinião, liberdade de expressão, derrubada da censura, surgimento da pílula anticoncepcional, liberdade sexual, independência feminina, conquista de direitos, pelas mulheres e para as mulheres, as custas de muitas lutas e sacrifícios, etc. Todas essas conquistas deveriam indicar que as coisas estariam melhorando. Será? É verdade que muita coisa melhorou, porém outras pioraram. Vejamos:
1- A Luta Feminina: As mulheres lutaram tanto por DIREITOS IGUAIS, o que eu acho muito justo, e tiveram alguns avanços relevantes junto a sociedade, de modo geral. Por outro lado, começaram a apregoar que homens e mulheres deviam ter direitos e deveres iguais, porque SÃO IGUAIS. Se um homem pode fazer determinada tarefa, uma mulher também pode.Todos os dias, os jornais mostram mulheres realizando tarefas que antes só os homens faziam. Hoje, mulheres dirigem ônibus e caminhões, trabalham em construções, jogam futebol, comandam empresas, governam nações, fazem halterofilismo, etc. O problema é que homens e mulheres nunca foram, e graças a Deus, nunca serão iguais. Mulheres e homens têm corpos, mentes, visão, potencialidades e necessidades diferentes um do outro, propositalmente feitos assim por Deus, para que homem e mulher precisassem um do outro, e para que pudessem completar um ao outro. É por isso que passamos a vida inteira procurando a nossa outra metade, e só é feliz aquele(a) que a encontra. Enquanto as mulheres se matam para provarem que são iguais aos homens, toda a sociedade sai no prejuízo, pois tem coisas que só uma mulher é capaz de fazer com perfeição, como estruturar uma família, por exemplo. Não estou aqui querendo isentar os homens de suas responsabilidades, mas todos sabemos o prejuízo que sofre um lar que não conta com a presença de uma mãe na sua edificação. O sofrimento dos filhos com a ausência do amor e cuidado da mãe, sua falta na organização e andamento das tarefas, na transmissão de valores e princípios corretos para seus filhos, a segurança do seu cuidado e atenção para com detalhes e sutilezas que um homem não notaria, não porque não se importasse, mas porque não foi capacitado por Deus para isso. A Bíblia diz que a mulher sábia edifica sua casa, mas a mulher tola, com suas próprias mãos a derruba.(Pv. 14:1). Segundo este versículo, o EDIFICAR, fazer a construção permanecer de pé, e ainda crescer está nas mãos da mulher. E o sustentar a casa está nas mãos do homem (Gn. 2:15; 3:17-19), Deus disse que o homem tiraria da terra o seu sustento com o suor do seu rosto, ou seja com o seu trabalho.
Qual é o extremo nessa situação? É a mulher tomar o lugar do homem e em troca perder o seu. Não vejo nenhum mal em uma mulher trabalhar fora de casa. Desde que ela não deixe de desempenhar o seu papel dentro da sua casa. Cuidar de nossa casa, nosso marido, nossos filhos, não pode ser visto como uma humilhação, mas deve ser uma honra e um privilégio poder zelar pessoalmente, por algo tão precioso que Deus nos confiou. Não entre nessa de guerra dos sexos, isso é infantilidade. Homens  não são melhores nem piores do que as mulheres e vice-versa, são apenas diferentes desde o nascimento até a morte. Seja uma mulher moderna e audaciosa o suficiente pra desempenhar o seu papel na sociedade. Cuide primeiro da sua família. Se precisar ou desejar trabalhar fora, faça isso sem abandonar sua família, pois ela é seu maior tesouro. Lembre-se se a família vai mal, a sociedade vai mal. Tudo que temos visto no mundo hoje, com relação a violência, é na verdade, o resultado de uma combinação fatal para a humanidade, o AFASTAMENTO DE DEUS, E A DESESTRUTURA FAMILIAR. Não faça parte dessa combinação, decida ser diferente, decida lutar pelos direitos de sua família, de acordo com a Palavra de Deus, e com certeza você se realizará como mulher, mãe, esposa, cidadã, e serva de Deus.

Um comentário:

  1. graçãos a DEUS que minha mãe é um exeplo,ela auxila muito bem a casa a famila é o emprego a 18 anos e nunca deixo de ser uma maravilhosa MÃE E ESPOSA. Apesar de ainda não ser evangelica ela diciplinou muito bem os seus filho.

    ResponderExcluir

PARABÉNS GALERA DO BLOG!!!!!!!!!!!!!!

Já passamos de 69.000 visitas. Obrigada pelo seu carinho, sua atenção, seus elogios, seus comentários, e sua divulgação do blog. Espero continuarmos juntos por muito tempo. Obrigada também aos amigos que se encontram nos EUA, Alemanha, Letônia, Turquia, Portugal, Índia, Rússia, Holanda, Bolívia, e França, Romênia e demais países que também tem acessado e curtido esse blog.Que Deus abençoe a todos. Um abraço de sua amiga, pra. Giceli.