Olá.

"Olá, Seja Bem-Vindo ao meu blog. Esse é um espaço aberto para o mover de Deus na sua vida. Espero que você seja abençoado através das mensagens, palestras, pregações, dinâmicas, receitas e reflexões que vão rolar aqui. Você também poderá ser um abençoador para outras vidas participando com suas opiniões e orações. Espero que você curta bastante e divulgue esse blog para seus amigos.
Ah, você é livre para concordar ou descordar do que ler aqui e postar sua opinião, apenas peço que seja educado, nada de usar palavrões ou frases que denigram ou magoem os demais leitores, pois isso não agradará a Deus. Lembre-se, devemos fazer ao próximo o que queremos que façam conosco; e nós colhemos o que plantamos. Então faça uma boa semeadura.
Espero te ver aqui muitas outras vezes."

Beijos, Pra. Giceli.

terça-feira, 3 de abril de 2012

A Páscoa Cristã

Páscoa Cristã

A Páscoa cristã celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.
A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.
A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. De fato, para entender o significado da Páscoa cristã atual, é necessário voltar para a Idade Média e lembrar os antigos povos pagãos europeus que, nesta época do ano, homenageavam Ostera, ou Esther – em inglês, Easter quer dizer Páscoa. Ostera (ou Ostara) é a deusa da Primavera, que segura um ovo em sua mão e observa um coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés nus. A deusa e o ovo que carrega são símbolos da chegada de uma nova vida. Ostara equivale, na mitologia grega, a Deméter. Na mitologia romana, é Ceres.[1]
                                                                                                    (WIKIPÉDIA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARABÉNS GALERA DO BLOG!!!!!!!!!!!!!!

Já passamos de 69.000 visitas. Obrigada pelo seu carinho, sua atenção, seus elogios, seus comentários, e sua divulgação do blog. Espero continuarmos juntos por muito tempo. Obrigada também aos amigos que se encontram nos EUA, Alemanha, Letônia, Turquia, Portugal, Índia, Rússia, Holanda, Bolívia, e França, Romênia e demais países que também tem acessado e curtido esse blog.Que Deus abençoe a todos. Um abraço de sua amiga, pra. Giceli.